Por que mudas enxertadas são mais caras?

Mudas enxertadas são aquelas que passaram pelo processo de enxertia, a qual é uma técnica frequentemente utilizada em mudas frutíferas por diversos motivos. Desde acelerar o crescimento da muda, facilitar sua propagação, criar resistência a ambientes em que tem dificuldade em se desenvolver até para restaurar plantas que foram danificadas.

As mudas frutíferas enxertadas são comumente encontradas no mercado por um preço mais elevado, mas por que tão caras?

mudas enxertadas
Imagem 01 – Enxerto Fenda Cheia.

Esse procedimento é a união de tecido de duas plantas diferentes que continuam seu crescimento como se fosse uma única planta. Sendo a planta que servirá de base para a nutrição mineral e o sistema radicular denominada de cavalo ou porta-enxerto.

Já a planta que se deseja reproduzir pelas suas características nobres é chamada de cavaleiro ou enxerto podendo ficar exatamente em cima ou na lateral, dependendo da técnica escolhida. O cavaleiro formará a copa e frutificará, também é responsável pela fotossíntese essencial para a sobrevivência da planta.

As espécies escolhidas para a enxertia devem apresentar características físico morfológicas similares, sendo, preferencialmente, da mesma família e gênero com base em sua classificação botânica. Essa seleção é essencial, contudo não exclui a possibilidade de que a enxertia seja feita entre espécies de famílias e gêneros diferentes

Mesmo que sejam escolhidas plantas similares, isso ainda não garante êxito no procedimento, pois o manuseio incorreto da técnica escolhida para a enxertia pode acarretar perda de ambas as plantas, ou seja, requer muito capricho, cuidado e atenção ao executá-la.

Listamos aqui alguns 8 tipos de enxertos: T invertido, Forket verdadeiro e modificado, garfagem de topo de fenda cheia e lateral no alburno, chapa lateral, inglês simples e complicado.

Como se pode notar, há inúmeros fatores a serem considerados: a classificação biológica, conhecimento físico morfológico da espécie escolhida, além do entendimento prévio das técnicas listadas. Por isso, as mudas enxertadas possuem um valor elevado ao comparados com as outras que não possuem enxerto. A enxertia requer mão de obra especializada (engenheiro agrônomo, florestal ou biólogo) capaz de identificar se as espécies selecionadas são compatíveis e qual técnica é a mais adequada, para que assim o risco de perder ambas as plantas seja menor.

Um comentário em “Por que mudas enxertadas são mais caras?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *