Recebi minhas mudas, devo plantar no mesmo dia?

plantar-mudas
Sempre surgem algumas dúvidas sobre quando e como devemos plantar nossas mudas assim que elas chegam. Sejam elas transportadas por avião, carro ou caminhão, acabam sentindo um pouco o transporte, pois foram retiradas do viveiro, local que permaneceram por no mínimo 10 meses, portanto, é normal que a maioria das espécies sofram um pouco durante a viagem para a entrega, de modo que nesta fase, elas podem apresentar quedas em suas folhas, coloração amarelada e até estarem com aspecto murchas. Contudo não se preocupe, a recuperação é muito rápida e fácil de executar!

Minhas mudas chegaram, o que devo fazer?

cova-preparada
  • Cova preparada para o plantio: O primeiro passo é retirar a muda do tubete ou vaso. Este passo é uma das partes mais delicadas do processo de plantio, aconselhamos umedecer a muda ou imergir em água (caso seja plantada a campo) e em seguida, segurar a muda pelo caule e dar suaves batidas na borda do tubete com algum pedaço de madeira. Deve-se evitar dar batidas na lateral ou no fundo do tubete. É ideal que este processo de desentubar a muda seja feito no campo, ao lado da cova.
  • Sem cova preparada para o plantio: Caso a cova ainda não esteja preparada para receber a planta, é muito importante irrigar a muda de 2 a 3 vezes por dia, dependendo da quantidade de sol que ela estará recebendo. Com esses cuidados, e sem adensamento, ela poderá aguentar de 30 a 40 dias antes de ser plantada.

 

DICA: Após a retirada da muda do tubete, é importante verificar se a raiz está visível, caso esteja, significa que ela foi bem formada e desenvolvida, e assim pronta para ir a campo.
Indicamos que não demore mais de 15 dias para efetuar o plantio, porque, caso ultrapasse esse prazo, será preciso plantar as mudas intercaladas, de modo que elas consigam mais espaço para crescerem e se desenvolverem.

Assista: ▶️ Como remover a muda do tubete 

raiz-da-muda

Como preparar a cova para receber a muda?

  • Primeiramente é necessário abrir uma cova de 40cm x 40cm x 40cm e misturar a terra para que ela fique solta, isso irá aumentar a penetração da raiz no solo. Se o solo estiver muito duro, irá dificultar o desenvolvimento do sistema radicular da planta.
muda-plantada
  • Depois de aberta, a cova deve receber o adubo, recomendamos o uso de 500grs Bokashi por cova, que serve para o arranque inicial da muda. Ele deve ser aplicado e misturado junto com a terra, dentro da cova, e sem deixá-lo concentrado no fundo, pois eles podem matar a planta.
  • O próximo passo é adicionar a muda na cova, um dos principais cuidados neste processo deve ser com a raiz da planta, porque além de ser a parte mais delicada, é o que dará força para a muda se desenvolver.
  • Por fim, depois de plantada, deve-se verificar se o caule não estará afogado na cova, porque, caso mais de 2 centímetros do caule esteja abaixo da terra, é muito provável que a muda fique frágil, mais suscetível a pragas e doenças.

Cuidados pós plantio

Nos primeiros dias pós plantio, lembre-se de realizar a irrigação diariamente, e ficar atento aos aspecto da muda, pois utilizando o adubo e a irrigação de forma correta, o processo de adaptação deve ocorrer sem maiores problemas.

O que é o Bokashi?

O Bokashi é um adubo composto por meio da mistura balanceada de farinha de ovo, farinha de sangue, farinha de osso, farinha de carne, torta de mamona, matéria orgânica isenta de solo, ácidos húmicos e fúlvicos, submetidos a um processo de fermentação controlada através de micro-organismos.

Quais os benefícios desse adubo?

Dentre seus principais benefícios, está que é um adubo 100% natural, devolve a vida ao solo, atua no controle de pragas e doenças nas plantas, aumenta o florescimento e a frutificação e dispensa o uso de fertilizantes químicos.

Por que usar o Bokashi como adubo?

 

A matéria orgânica do bokashi favorece o equilíbrio da estrutura dos associados do solo, que são a união de partículas primárias que se juntam por meio da atuação de micro-organismos, exsudatos de raízes e pela própria matéria orgânica. Essas pequenas estruturas além de equilibrar o PH, são responsáveis pela formação de raíz, retenção de água, nutrição da muda, ganho de micro e macronutrientes e ainda recicla a matéria orgânica. Essa mistura passa por processo de fermentação controlada durante 6 meses junto com fungos, cepas e bactérias, que irão possibilitar grandes ganhos para o processo de desenvolvimento de sua espécie.

bokashi

E aí, ainda ficaram algumas dúvidas sobre a manutenção a ser feita após a chegada das mudas?
Comente aqui que iremos te ajudar!
Aproveite para conferir nossa loja virtual aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *